6 formatos de atendimento para aulas particulares

6 formatos de atendimento para aulas particulares

Tempo de leitura: 3 minutos

Está pensando em dar aulas particulares ou iniciar um serviço de reforço escolar, mas não sabe por onde começar?

Este artigo é para te ajudar a aumentar a sua remuneração mensal e tirar as suas dúvidas sobre alguns formatos de atendimento para empreender na educação.

Lembre-se, em primeiro lugar, de avisar para todo mundo que você está atuando nessa área: fale com família, vizinhos, amigos… Uma vez que se é um bom professor, muitas indicações ocorrem e a sua atuação acaba sendo disputada. Por isso, é importante saber o que ensinar para saber como cobrar e divulgar o seu trabalho.

Encontrar o seu diferencial

Foi-se o tempo que as aulas particulares eram vistas apenas como um recurso destinado para alunos desesperados para passar de ano. Hoje, o cenário educacional no Brasil vem se adaptando ao momento em que vivemos, aos desafios da tecnologia e à demanda por uma opção de aprendizado mais personalizado e atualizado.

Mas, então, o que ensinar nas aulas particulares?

1.PROFESSORA PARTICULAR FAZ TUDO

Ensina todos os conteúdos que a criança está aprendendo na escola, faz lição de casa e complementa o conteúdo visto em sala de aula. Em havendo autorização da família, também costuma ir até à instituição de ensino para pedir o currículo e conversar com os demais educadores.

2.PROFESSORA FAZ LIÇÃO DE CASA

Nessa modalidade, a professora particular faz apenas as tarefas com a criança. O seu foco é direcionado para as lições de casa e a rotina do estudante.

3.A QUE ORGANIZA VIDA ACADÊMICA DO ESTUDANTE

A amiga pedagógica, como o próprio nome diz, trabalha com o conteúdo pedagógico de determinado estudante. O seu objetivo principal é ensinar a criança a estudar. Para isso, revisa o caderno, analisa as propostas que estão sendo feitas na escola, organizando todos os atos da criança (seus compromissos, agenda, tabela de horários, planejamento de estudos etc.). Tudo para ajudar o aluno a pensar.

4.PROFESSORA DE CONTEÚDO ESPECÍFICO

Muito comum para professores que trabalham com matérias especificas: inglês, física, matemática etc. O reforço específico costuma ser utilizado para suprir determinada prova ou necessidade do estudante.

5.PROFESSORA SEM VÍNCULO ESCOLAR

A aula particular aqui é uma forma de aprendizado que consiste em receber um determinado aluno que está fora dos cursos tradicionais, como alunos do EJA, por exemplo. É uma excelente opção para quem não tem tempo de se especializar através do ensino formal, mas quer e precisa aprender.

6.PROFESSORA PARTICULAR DE EDUCAÇÃO INFANTIL

A professora particular de Educação Infantil tem que, antes de mais nada, entender sobre desenvolvimento infantil e brincar com bastante intencionalidade!

 

Seja qual for a sua modalidade de ensino para as aulas particulares, é importante que analise essa possibilidade para gerar uma renda extra no seu orçamento, sem precisar mudar de profissão! Para quem se dedica, empreender através do reforço escolar, é sempre uma opção prazerosa e muito lucrativa!

Ah, e se esse conteúdo fez sentido para você e você se interessa pelo assunto, clique aqui e conheça o PPP – Professora Particular na Prática.

Gostou? Então, curte e compartilha!

Siga @clarissapereirapedagoga nas redes sociais. Lá nós damos dicas todos os dias para deixar a sua prática de sala de aula mais leve e doce.

Grande abraço,

Iara Rodrigues

(Texto redigido por Iara Rodrigues e revisado por Daiane Garcia).

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *